Bandas Agenciadas

A Judas Priest Tribute

O grupo Devil's Child foi formado em Santos/SP, no fim de 2014, com a intenção de prestar um tributo ao Judas Priest da fase clássica, focando seu set-list apenas entre os anos '70 e '80. Formado por Eduardo Jr. (vocalista do VETOR), Sandro "Butcher" (guitarrista do LEI SECA), Ricardo Lima (guitarrista do CHEMICAL DISASTER), Luiz Carlos Louzada (baterista do HIERARCHICAL PUNISHMENT) e Alex Brasil (ex-baixista do CARNAL DESIRE), a banda preparou um repertório que abrange material dos álbuns Sad Wings of Destiny, Sin After Sin, Killing Machine, British Steel, Point of Entry, Screaming for Vengeance e Turbo.
Luiz Carlos, Alex Brasil, Eduardo Jr, Ricardo Lima e Sandro "Butcher"

Abaixo, link onde o Devil's Child interpreta em estúdio "The Green Manalishi (with the Two Pronged-Crown)", famoso cover do Fleetwood Mac, que o Judas Priest gravou no fim do anos '70, e que saiu no album "Hell Bent for Leather" (de '79), que nada mais é do que a versão norte-americana do album "Killing Machine" (de '78) editado por lá com o acréscimo deste cover:

Devil's Child - "The Green Manalishi (with the Two Pronged-Crown)" (Fleetwood Mac cover)

Em 2015, Alex Brasil decide deixar o grupo, sendo substituído por Anderson Casarini (baixista do PREDATORY).
Anderson Casarini, Luiz Carlos Louzada, Ricardo Lima, Eduardo Jr. e Sandro "Butcher"

Abaixo, alguns vídeos com a formação atual:

Devil's Child - The Ripper (do album de 1976, "Sad Wings of Destiny")

 Devil's Child - Heading Out to the Highway (do album de 1981, "Point of Entry")

Em outubro de 2015, a banda resolve gravar vários clássicos que compõem seu set-list, e disponibilizar para os fãs, este tributo, para download (basta clicar no link abaixo):


 ------------------ / / ---------------------
 

O grupo Kill Mister, banda tributo ao Motörhead formada em Santos/SP no fim de 2013, pelo guitarrista Gerson Fajardo (Couraçado), o vocalista Luiz Carlos Louzada (Vulcano / Chemical Disater), o baixista Cláudio Milone (ex-Carnal Desire / Chemical Disaster) e o baterista Arthur Von Barbarian (Vulcano).

 Luiz Carlos Louzada, Arthur Von Barbarian, Gerson Fajardo e Cláudio Milone

Em 2014, após a saída de Cláudio e Arthur, o baterista Tito Giangiulio (Wicked Motor Band) e o baixista Marcos Naza (ex-Carnal Desire) completam o time. Mas em pouco tempo, Marcos dá lugar à Ivan Pellicciotti (Vulcano); já em 2015, nova alteração na banda: Pellicciotti acaba cedendo o posto de baixista à Ivan Cassilhas (ex-Invaders e Runaway), fechando a formação em definitivo. Com esta formação, em fevereiro de 2015 o grupo gravou em estúdio um "álbum virtual" com 9 músicas, que pode ser baixado pelo link:

  
Ivan Cassilhas, Gerson Fajardo, Tito Giangiulio e Luiz Carlos


No repertório do grupo, clássicos que vão do fim dos anos '70 à meados dos anos '90, repassando albuns como Overkill, Bomber, Ace of Spades, Iron Fist, Another Perfect Day, Orgasmatron, 1916 e March or Die. Abaixo, alguns vídeos com clássicos do Motörhead:

Kill Mister - "Ace of Spades"

Kill Mister - "No Class"

Kill Mister - "Stay Clean"

Kill Mister - "Orgasmatron"

Kill Mister - "On the Road"

Kill Mister - "Iron Fist" (ao vivo no Studio Rock Café, Santos/SP, 12/04/2015)

Após um período de inatividades, em respeito à morte de 2 integrantes ultra-importantes na história do Motörhead, Philthy "Animal" Taylor (em novembro/2015) e Lemmy Kilmister (em dezembro/2015), Gerson e Luiz Carlos saem do "luto" e com uma nova formação, colocam o trem do Kill Mister novamente "nos trilhos", trazendo Vinícius Freitas (da banda Opus Tenebrae, de Celtic/Black Metal) no baixo e Paulo Mariz (da banda Infector, de Death Metal) na bateria.

 




























 Vinicius Freitas (b), Paulo Mariz (d), Gerson Fajardo (g) & Luiz Carlos Louzada (v) 

O KILL MISTER sempre teve a característica de possuir performances viscerais ao interpretar a obra de Lemmy & Cia, muito em parte, por conta da vasta experiência de seus integrantes (seja em estúdio com seus grupos autorais, ou mesmo com os muitos shows realizados ao longo de suas próprias carreiras).

 Matheus Alba (b), Luiz Carlos Louzada (v), Gerson Fajardo (g) & Paulo Mariz (d)

Em julho/2016, após a saída do baixista Vinícius, o KILL MISTER anuncia a entrada de Matheus Alba (baixista do grupo Mad Mamba) e seguem realizando shows pelo litoral paulista e interior do Estado. No início de 2017, finalizam seu próximo trabalho, gravado no Estúdio O Beco (do renomado produtor Ivan Pellicciotti, ex-baixista do Vulcano, e que também já foi baixista do Kill Mister), trazendo a 1a composição própria da banda, "Running with the Devil", e também revisitando vários clássicos do Motörhead. Em complemento à isso, com a parceria da produtora JustDesign, em 2016 foi captado em video um "pocket show" realizado em Santos, no Boteco Valongo cujas imagens serão utilizadas para a produção do clipe oficial da música "Running with the Devil". Portanto, agora em 2017 o grupo estará com bastante material novo disponivel. Uma prévia da gravação nova de estúdio pode ser conferida no link da Bagaça Records (abaixo):

Nenhum comentário:

Postar um comentário